Antes de solicitar o financiamento tenha em mente a marca e o modelo desejado.

Financiamento de motos

A maior parte da população brasileira deseja ter uma moto. Esse veículo facilita o dia a dia das pessoas, pois pode driblar facilmente o trânsito das grandes cidades. Além disso, a moto pode ser uma ótima opção para quem quer praticar esportes radicais. 

Quando o assunto é comprar uma moto, uma das primeiras opções recorridas é o financiamento. Esta nada mais é que uma transação feita entre o banco e o cliente, onde o banco cede o valor integral da compra da moto. O cliente, por sua vez, possui o dever de devolver esse valor em forma de parcelas mensais. 

Para que o financiamento seja aprovado, é preciso que o cliente atenda a alguns requisitos básicos. São eles:

  1. ser maior de 18 anos;
  2.  ter renda fixa;
  3. possuir CPF regular;
  4. ter boa pontuação (score) no SPC e Serasa.

Antes de solicitar o financiamento a um banco é importante que você já tenha em mente a marca e o modelo desejado. Além disso, realize algumas pesquisas de preço para determinar onde a moto será comprada. 

As principais características do financiamento são:

Valor de entrada: É uma porcentagem cobrada como adiantamento do pagamento do financiamento, sendo que geralmente essa taxa corresponde a 20% do valor total do veículo. 

Parcelas e juros: As parcelas é a quantidade em que o valor restante será dividido. Já os juros são taxas adicionadas nas parcelas. Cada banco possui uma taxa de juros diferente.

O Banco do Brasil possui esse serviço. Nele o cliente tem a opção de escolher motos novas 150cc e 250cc. Outro ponto positivo é a possibilidade de simular o financiamento pelo site ou aplicativo. 

Outras opções compreendem o prazo de 59 dias para pagar a primeira parcela e dividir o parcelamento em 36 vezes. Para aqueles que possuem conta corrente no banco, as parcelas podem ser descontadas automaticamente. O cliente possui, ainda, a liberdade para escolher a melhor data para que a parcela possa ser descontada.