O financiamento é um dos meios mais procurados por quem deseja comprar um carro novo

O mercado disponibiliza diversas formas de fazer um financiamento de forma rápida e sem complicações. 

Os novatos no ramo da compra de carros ainda possuem dúvidas sobre o financiamento. O fato é que as inovações do mercado são tantas que fica difícil acompanhar cada novidade de perto.

Neste artigo trazemos um pouco mais sobre o financiamento e onde você pode conseguir comprar seu carro novo com parcelas suaves para o seu bolso. 

Já é possível encontrar diversas empresas que fornecem o serviço de financiamento de veículos. Se formos descrever as vantagens e desvantagens de cada uma delas, o artigo ficaria muito extenso. Mas ainda assim você terá que conhecer algumas opções antes de decidir qual será o banco que financiará seu carro

Sobre isso, o melhor a se fazer é pesquisar. Hoje as empresas financeiras que financiam carros disponibilizam um simulador do serviço no site oficial. Você só vai ter que preencher os campos indicados com os dados do veículo escolhido, sendo eles: o valor, o número de parcelas e o valor que pretende dar como entrada. 

Os demais passos consistem em preenchimento dos dados pessoais e informações sobre a renda mensal. Há também a possibilidade de simular o serviço em sites de simulação de financiamento

Porém você teria que informar a taxa de juros do serviço. Muitos bancos não deixam essa informação visível, mas é possível encontrar algumas informações na rede. 

Os especialistas no ramo do financiamento consideram que o segredo de uma parcela baixa nesse serviço é o valor de entrada. O valor de entrada é responsável por diminuir o montante que será financiado pelo banco. Muitos bancos exigem que o cliente adiante cerca de 20% do valor total do veículo. 

Nesse caso, se o carro custa R$ 20 mil, o cliente deve repassar no mínimo R$ 4 mil de entrada. O valor restante (R$ 16 mil) será financiado pelo banco. É de livre escolha do cliente a escolha por um valor mais alto do que o estabelecido pelo banco. Se isso for possível, significa que o valor a ser financiado diminui junto com as parcelas e os juros.